RPG de Mesa, uma perspectiva histórica

RPG de mesa

Chainmail

Em 1971 Gary Gygax e Jeff Perren criaram Chainmail, um jogo de tabuleiro de combate medieval. Este jogo possuía várias regras para que esse combate fosse realizado, em 1974 Gary Gygax e Dave Arneson criaram o Dungeons & Dragons, um jogo de interpretação de personagens que utilizava as regras do Chainmail nos combates e é considerado o primeiro RPG de mesa (Role Play Game), que significa “Jogo de Interpretação de Papéis”. De lá até a atualidade inúmeros sistemas de regras para se jogar RPG foram lançados no mundo, cada um com suas peculiaridades.

RPG de mesa

Um jogo de interpretação de papéis (RPG de mesa) se baseia em uma narrativa compartilhada, onde uma pessoa conta uma história, em que os protagonistas dela são interpretados por outros jogadores, resultando em um enredo inesperado e único. O participante que conta a história têm um nome específico, chama-se mestre do jogo, ou narrador, e cabe a ele ambientar a história, apresentar o conflito e interpretar todos os personagens que não sejam os protagonistas. Cada um dos outros jogadores deverá interpretar um protagonista, e assim, de forma colaborativa, a história é desenvolvida.

Principais Sistemas de RPG de Mesa

Com o lançamento do Dungeons & Dragons um novo mundo se abriu e vários outros sistemas de RPG de mesa foram lançados, sendo que cada um possuía suas peculiaridades. Em 1986 surgiria um marcante sistema, o GURPS. Diferente de seu antecessor que se ambientava apenas em fantasia medieval, o GURPS se propunha a trabalhar com qualquer que fosse o cenário,Steve Jackson o colocava como o sistema definitivo, aprendendo ele o jogador poderia jogar qualquer coisa.

O ano agora é 1991 e o livro é Vampiro a Máscara, este sistema trouxe consigo o conceito de mais roleplay e menos game, ou seja, mais interpretação e menos jogadas de dados. Dotado de uma mecânica de jogo bem mais simples o sistema Storyteller quase dominou o mercado nos anos 90 somando seus dois lançamentos subsequentes, Lobisomem o Apocalipse e Mago a Ascensão.

Os anos 90 também foi marcado por um importante acontecimento no Brasil, trata-se do lançamento do Tagmar, o primeiro RPG de mesa nacional, que se apresentou ao mercado com muita competência.

E Como Está o RPG de mesa Atualmente?

Atualmente existem no mercado incontáveis sistemas de RPG de mesa, O Dungeons & Dragons se mantém como o mais jogado, entretanto novos nomes vem marcando importante presença, como o Pathfinder, Savage Worlds, Call of Cthulhu e Shadowrun. Já aqui no Brasil nasce um novo sistema de fantasia medieval que se propõem a ser uma mistura de Dungeons & Dragons, GURPS e Skyrim, e nesse momento a equipe de desenvolvimento está cadastrando jogadores para testar o sistema gratuitamente. Faça parte disso você também!

RPG de mesa